Como levar sua empresa para o mundo digital

Ao longo das últimas décadas tivemos mudanças na forma de como nos relacionamos com o comércio de produtos e serviços.

A disponibilidade de um computador na palma da mão com acesso à internet, abriram o leque para o processo de decisão de compra.

Planilha de Projeção de Vendas

Descubra quais são os meses de alta e baixa e Otimize seus resultados! 

As empresas que não se adaptaram ao modelo, realmente tem dificuldade em lidar com essa nova geração que já nasce com um tablete na mão.

Afinal, como levar minha empresa para o mundo digital?

O grande segredo para ter sucesso com seu ecommerce é idealiza-lo como uma vitrine de seu negócio e tornar sua empresa especialista em logística.

A meta de sua organização é atender as necessidades do cliente no momento exato que ela ocorrer, muitos denominam isso de jornada de compra.

Agora que você entende as premissas, vou através deste artigo explicar detalhadamente como fazer isso.

Estoque

Para que sua organização atenda a meta principal é necessário uma gestão eficiente do estoque de produtos ou da disponibilidade de atendimento.

A chave para o sucesso é denominada geolocalização, ou seja, conseguir ter disponibilidade de produtos, serviços ou suprimentos mais próximos possíveis de seu cliente.

Entendendo isso, vamos elaborar como ter uma boa gestão de estoques.

Fornecedores

A escolha de fornecedores é importante para otimizar sua operação, tanto em custo, como agilidade de atender sua meta principal.

Em alguns casos, o custo do transporte supera o custo do produto.

Desenvolva uma ampla carteira de fornecedores, isso facilitará a busca de alternativas para seus problemas de fornecimento.

Seus fornecedores devem ser seus parceiros de negócios, pois em muitos momentos do seu negócio são eles que irão o ajudar e vice-versa.

Curva ABC

Você precisa entender seus produtos e serviços, isso significa acompanhar vendas e reconhecer quanto de cada produto representa no seu faturamento total.

Segundo Pareto, 80% do total de vendas está relacionado apenas 20% dos produtos, esses são denominados produtos A da Curva ABC.

Os produtos denominados B representam 15% do total de vendas e está relacionado a 30% dos produtos.

Já os denominados C são os 50% dos produtos que representam apenas 5% do faturamento.

Logo, se você tiver falta de produtos A, terá diminuição nas vendas.

Giro de Estoque

O Giro de Estoque nos fornece a informação o tempo médio de permanência de um produto no estoque antes de ser vendido.

Através desse dado, conseguimos planejar nossos pedidos de compra ao fornecedor para atender a demanda de clientes.

A sua empresa lucra quando você efetua a venda, recebe de seu cliente e paga seus custos e despesas.

Quanto maior for seu giro de estoque, maior será sua chance de lucro.

Inventário

A demanda nem sempre é estável, pode ser sazonal dependendo do negócio.

O controle de estoque é importante para administrar seus recursos financeiros e conseguir atender seus clientes.

Para isso, além de ter um controle através de tecnologia, se faz necessário uma contagem física de forma a aumentar a precisão dos dados.

É recomendado, uma contagem física por mês.

Lead Time

Lead time é o tempo total do processo de compra, quanto menor seu lead time maior será sua vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes.

Podemos dividir o lead time, nas seguintes etapas:

  1.  Pedido do Cliente
  2.  Entrada do pedido
  3.  Processamento do Pedido
  4.  Montagem do Pedido
  5.  Transporte
  6.  Entrega para o Cliente

Administrar cada etapa do lead time faz a diferença em atender seu cliente o mais rápido possível.

Armazenagem

A forma como você armazena seus produtos é a diferença na agilidade de montagem do pedido.

Para que você consiga otimizar o tempo de montagem é necessário estudar e planejar o layout e o picking de acordo com seu tipo de negócio.

Layout do Armazém

Para que você consiga um layout  eficiente, você precisa utilizar os seguintes conceitos:

  • Giro de material: Produtos “A” próximos aos pontos de entrada e saída do estoque e em uma altura mais acessível
  • Tamanho das mercadorias: não haver casos de desperdícios de espaço
  • Características de cada produto: Observar as particularidades de armazenamento como temperatura e umidade
  • Posicionamento das portas: agilizar a passagem de operadores, mercadorias e equipamentos
  • Limpeza do espaço: conservação dos produtos
  • Movimentação: circulação de equipamentos e pessoas, de forma que isso não interfira nos processos de produção
  • Estoque planejado: sistema de paletização
  • Endereçamento logístico: áreas coloridas para identificar diferentes tipos de produtos
  • Na altura dos ombros: Produtos de maior venda para facilitar a coleta
  • Estocagem vertical: use todo o espaço disponível
  • Áreas específicas para equipamentos: guarde equipamentos distantes da operação.
  • Aproveite as tecnologias que fazem coletas automáticas de dados: códigos de barras RF e sistemas RFID para evitar erros humanos durante o processo

Picking

Picking é a maneira que você coleta os produtos para a montagem do pedido, ele pode ser:

  1. Discreto ou por pedido: O operador logístico coleta um item por vez até que o pedido de cada cliente esteja completo.
  2. Por zona ou área: colaboradores só coletam itens da área delimitada e passam os pedidos para a zona seguinte.
  3. Por lote: coletando múltiplos itens para completar diversos pedidos ao mesmo tempo, é necessário tecnologia para conciliar pedidos.
  4. Picking por onda: todas as zonas são coletadas no mesmo momento e, na área de consolidação, os itens são separados para a criação de pedidos individuais.

Frete

O custo do frete é sua maior objeção em efetuar a venda.

Para a base do custo do frete é usado o cálculo de cubagem, que utiliza dos seguintes fatores: peso da encomenda, dimensões da encomenda e coeficiente da transportadora.

O pacote de entrega é uma maneira do cliente lembrar de você, além de ser um item que afeta no custo do frete.

A internet oferece a possibilidade de comparar produtos e serviços iguais ou semelhantes, entre, qualidade, preço e disponibilidade de entrega.

A precificação correta do frete possibilita que sua vitrine seja competitiva, pois clientes irão fazer buscas até encontrar produtos e serviços com melhor custo-benefício.

Transporte

Você pode fazer o transporte de mercadorias por frota própria ou pode contratar um operador logístico.

Existem muitos operadores logísticos, aqui estão alguns: Correios, Mandaê , DHL , CargoBR , Loggi , CargoX

Apostar em novos tipos de entrega, além de aumentar a eficiência do negócio, também promove uma vantagem competitiva.

Tecnologia

Softwares de Gestão Logísticos

Muitos softwares de gestão usados na logística, vamos elencar alguns:

  • Sistema Warehouse (WMS): ajuda a controlar a rotina do estoque a partir de sua gestão e otimização
  • ERP: o benefício de um sistema ERP vai além da área logística e se estende a toda empresa.
  • TMS: próprio para a gestão de transporte, auxilia as empresas no controle das entregas e na notificação de ocorrências.
  • Etiquetas RFID: ajudam o gerente logístico a conferir à distância a situação dos itens em estoque.

O importante é entender qual é mais apropriado ao seu tipo de negócio.

 MarketPlace

Marketplace é conhecido como um shoppingcenter virtual, reúne diversas lojas e marcas num lugar só.

O marketplace oferece um espaço em seu site em troca de uma porcentagem sobre sua venda.

Entre os mais utilizados, destacam-se:

  • Mercado Livre
  • Amazon
  • Extra
  • Ponto Frio
  • Americanas
  • Submarino
  • Walmart
  • OLX

Plataformas Ecommerce

Você pode escolher entre desenvolver seu próprio site ecommerce ou adquirir uma plataforma:

Seguem algumas plataformas de ecommerce: Bis2Bis, BizCommerce, Bseller, CiaShop, DlojaVirtual, Dotstore, EZ Commerce , F1 Soluções, Iluria, iSet, Jet e-commerce, Loja Integrada, Magento, Minestore, Moovin, NuvemShop, OpenCart, PrestaShop, Shopify, Tray, VTEX, Woocommerce, Xtech

Se você não conhecer nada de Webdesign, você pode contratar um profissional aqui

Machine Learning

O sistema de recomendação é responsável por automatizar a forma como os produtos são mostrados de acordo com os perfis dos compradores.

São usados algoritmos, técnicas de filtragem colaborativa e inteligência artificial para monitorar o comportamento do usuário e aprender com isso, para oferecer uma experiência única.

Essa tecnologia aumenta suas conversões em vendas.

Meios de pagamento

São plataformas que administram a entrada de recursos financeiros derivados das vendas.

Isso é importante para garantir a integridade das transações financeiras via internet.

Aqui estão algumas: Cielo, Moip, PagSeguro, PayPal, MercadoPago, PayU, BCash, Itaú Shopline

Site

O visual do site é importante para a navegação, quanto mais o usuário ficar no seu site maior as chances que ele efetue uma compra.

 Fotos

Antes de começar a tirar fotos sem planejamento, saiba que 67% dos consumidores consideram a qualidade da imagem “muito importante” ao decidir fazer uma compra online.

Invista em fotografia seja na montagem de um pequeno estúdio na sua empresa, seja contratando profissionais especializados.

Descrição dos Produtos

A descrição do produto tem um fator decisivo na efetuação da compra.

Uma dica é estudar sua persona ou público-alvo e fornecer detalhes importantes sem tornar o material cansativo.

Avaliação dos Produtos

A avaliação de produtos ou depoimentos é um artificio para você aumentar suas vendas.

Segundo a Nielsen, 92% dos consumidores confiam na palavra de outros consumidores que fazem reviews, mais do que qualquer outro tipo de publicidade.

Solicite avaliações para seus clientes, seja através do Google Avaliações do Consumidor ou de qualquer outra ferramenta.

Indicadores de Sucesso

O sucesso só é reconhecido quando ele tem um ponto de chegada, para isso existem alguns indicadores para acompanhar se sua vitrine está no caminho certo.

Faça pesquisas sobre os números de seus concorrentes e trabalhe para ir além.

Seguem os indicadores que você deve utilizar tanto para nortear seu negócio como para beneficiar a equipe.

  • Acuracidade de Inventário: precisão do estoque físico e o sistêmico
  • OFR – Order Fill Rate: tempo interno para o processamento do pedido
  • OCT – Order Cycle Time: tempo total despendido desde o recebimento do pedido até a entrega para o cliente
  • OTIF – On Time in Full: cumprimento de entrega em relação a prazos, local solicitado, completo, sem erros e dentro de todas as especificações esperadas
  • Custo de Transporte como um % das Vendas: visão global dos custos de transporte dentro da receita da empresa
  • Custo de Mercadoria Vendida (CMV): define o custo de mercadoria vendida respeitando os produtos que não foram vendidos
  • Tráfego do site: quantas visitas a sua loja virtual tem recebido
  • Taxa de abandono de carrinho: mede o percentual de visitantes que chegarão que não efetivaram a compra
  • Taxa de conversão: mede o percentual de visitantes da sua loja que efetuaram uma compra
  • Taxa de retenção: mede a porcentagem de clientes que voltam a comprar na sua loja
  • Taxa Churn: é o percentual de clientes que deixaram de consumir seus produtos a cada mês.
  • Número de novos clientes: mede o número de novos clientes no mês
  • Grau de dependência: mede a dependência da empresa com relação ao faturamento de um determinado cliente

E o mais importante de todos :

  • Net Promoter Score – NPS: mede a satisfação do cliente.

Agora que você sabe o que você precisa para levar sua empresa para o mundo digital e como fazer isso é só colocar a mão na massa.

E lembre-se: “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças.”

Até mais, te vejo com os vencedores!

Fechar Menu
Entre em Contato!

Solicite sua Avaliação Gratuita

Solicite sua Avaliação Gratuita

Solicite sua Avaliação Gratuita