Como se tornar um super humano?

Nos perguntamos muitas vezes como conseguir o melhor de nossas mentes e corpos e alcançar os melhores resultados.

Existem muitas dicas, estudos, conselhos de vó e sugestões de como se tornar o melhor de si.

Nesse artigo, pretendo apresentar de forma clara e objetiva quais são os fatores que você precisa ter atenção para conseguir resultados acima da média.

Afinal, Quem não quer ser um super humano?

Clima

O clima afeta a nossa fisiologia, isso significa que o clima interfere na forma de como interpretamos o mundo.

O cientista Patrick Baylis, da Universidade de Stanford, descobriu que há uma relação entre o humor e o tempo.

Existem evidências substâncias de que um clima menos ideal se relaciona com sentimentos piores e agudos.

Por exemplo, quando está muito frio as expressões negativas das pessoas se comparam a períodos de terremotos e ataques terroristas.

Para conseguir os melhores resultados você primeiro deve reconhecer seu estado interno.

Alimentação

Nosso corpo é uma máquina ele precisa de uma fonte de energia, a alimentação.

As decisões do que você ingere como energia influenciam sua capacidade de concentração, a maneira como absorve informações e principalmente sua disposição.

O maior consumo de energia é do cérebro, aproximadamente 25% do consumo total de todos os órgãos do corpo.

Aquilo que ingerimos pode influir na maneira como raciocinamos e nos relacionamos com o mundo.

Por essa razão, precisamos estar atentos aos seguintes fatores sobre a alimentação.

Água

Os cientistas descobriram que pessoas que tomam 500 ml de água antes das tarefas intelectuais têm reações 14% mais rápidas.

Carne

Existe sempre uma polêmica em relação ao consumo de carne de origem animal, principalmente pelo sistema em que vivemos.

Aqui, abordarei a relação fisiológica do consumo de carne, entendendo que é necessário ter aceitação em relação as leis da natureza.

Grande parte dos estudos direcionados ao consumo de carne de origem animal, estão relacionados ao sistema digestivo e principalmente ao acúmulo de gorduras saturadas.

Quando você consome carne de origem animal seu sistema digestivo gasta mais energia para digerir o alimento do que outros tipos de alimento com maior concentração de água.

Além disso a ingestão de gorduras saturadas aumentam o colesterol LDL, o “ruim”, que se deposita nas artérias e eleva o risco de problemas cárdio e cerebrovasculares.

“Ao serem levadas ao fogo, as carnes também liberam compostos tóxicos que aceleram o envelhecimento das células cerebrais, as aminas heterocíclicas. Isso inclui até mesmo os peixes, mas em bem menor quantidade”, explica o nutrólogo Neal Barnard, professor de medicina da Universidade George Washington

Açúcar

O açúcar afeta nosso sistema de recompensa no cérebro, isso significa que afeta o elo entra a memória, o estímulo e o ambiente.

Uma vez condicionada uma experiência prazerosa derivada da ingestão de açúcar, esse modelo se tornará um condicionamento a ser repetido.

Isso impossibilita que possamos ter trocas mais sadias entre o estímulo e o ambiente nos tornando mais suscetíveis ao impulso derivado das emoções básicas automáticas que não requerem nenhum tipo de avaliação racional ou de envolvimento pessoal.

Uma pesquisa desenvolvida pela cientista Barbara Stewart-Knox, professora da Universidade de Ulster, mostrou que crianças que tomavam o café da manhã com bebidas gasosas e petiscos açucarados tinham desempenho similar ao de pessoas com 70 anos em testes de memória e atenção.

Agora que você sabe a importância da alimentação, podemos seguir com o desenvolvimento do seu melhor.

Atividade Física

Através da atividade física você consegue aumentar sua capacidade cardiorrespiratório.

Isso significa que você transporta mais oxigênio e glicose para o cérebro, aumentando as sinapses e o processamento de informação.

A OMS recomenda aos adultos 300 minutos de atividade de intensidade moderada aeróbica, ou 150 minutos de intensidade vigorosa por semana.

Descanso

Nos últimos 60 anos, moradores de países industrializados sofreram redução de uma a duas horas do tempo de sono, que hoje é de cerca de sete horas por noite.

Durante o sono um fluxo de líquido cérebro-espinhal enxágua os cérebros encolhendo as células cerebrais deixando mais espaços para que os fluidos circulem, “limpando” a mente.

A cientista Maiken Nedergaard da Universidade de Rochester, notou em sua pesquisa que o fluido levava embora as toxinas que se acumulavam nos espaços entre as células, substâncias prejudiciais ao cérebro.

E isso explica por que é impossível pensar claramente se você virar a noite sem dormir e porque privação do sono pode matar.

Encontre quantas horas são necessárias para você restabelecer toda sua energia e lembre-se não é possível recuperar horas de sono perdido.

Meditação

Podemos considerar a prática de meditação como uma maneira de adquirir habilidades de autoconsciência dos próprios estados mentais, possibilitando promover uma resposta melhor a estímulos emocionais negativos.

A meditação aumenta a neuroplasticidade do cérebro, isso significa que aumenta a capacidade do sistema nervoso mudar, adaptando-se melhor as novas experiências.

A cientista Sara Lazar da Escola de Medicina de Harvard, descobriu que meditadores com 50 anos de idade tinham a mesma quantidade de massa cinzenta que pessoas de 25 anos.

Recomenda-se meditar sentado por 40 minutos todos os dias num período contínuo.

Conexão social

O ser humano é um ser de grupo, fomos criados para perpetuar a espécie.

A conexão social fortalece nosso senso de propósito, além de produzir oxitocina um hormônio que ajuda na redução do stress.

Para que consigamos ser constantes e produtivos em nossas atividades o senso de proposito precisa estar claro dentro de nós.

Tudo que tem apenas um apelo material, se torna efêmero.

Logo, é importante nos fazer a pergunta: “Como eu acrescento no todo?”, e estar congruente com a resposta.

Gratidão

Quando sentimos gratidão liberamos o neurotransmissor dopamina e ativamos o sistema de recompensa do cérebro.

Isso gera uma sensação  de bem-estar e prazer no corpo.

Além disso, quando somos gratos pelas coisas que temos ou alcançamos fortalecemos nossa autoconfiança e autoestima sendo um mediador a atingir novos objetivos.

Uma dica é escrever todos os dias três situações que você se sente grato.

Use o outro lado do cérebro

Nosso padrão de condicionamento é baseado no raciocínio lógico, linear e sequencial, o lado esquerdo do cérebro.

O lado direito do cérebro é responsável pelas emoções, a intuição, a criatividade e a capacidade de ousar soluções diferentes.

Quando utilizamos o lado direito estamos praticando a imaginação criativa, a serenidade, visão global, capacidade de síntese e a facilidade de memorizar.

Existem muitas técnicas para isso, a principal é o desenho livre sem planejamento.

Outra técnica importante é fazer tarefas de modo diferente que você está acostumado, por exemplo seguir por outro caminho para chegar no trabalho.

Outra dica, é imaginar soluções para um problema durante 1 hora em um quarto com luz apagada.

Isso vai proporcionar mais capacidade de processamento do seu cérebro chegando a melhores decisões.

A partir desse momento você sabe o que precisa para se tornar um super humano e ter todas as condições de conquistar o que você deseja.

Espero ter ajudado você a desenvolver seu melhor!

E lembre-se: ” A vida é uma jornada e não um destino.”

Até mais, te vejo com os vencedores!

Fechar Menu
Entre em Contato!

Solicite sua Avaliação Gratuita

Solicite sua Avaliação Gratuita

Solicite sua Avaliação Gratuita